Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2017

Domingo, vamos festejar Xangô

Imagem
DEPOIS DA BELÍSSIMA festa de Cosme e Damião, os Caminheiros de Santo Antônio vão homenagear, no domingo, 1º de outubro, Xangô, o orixá da justiça, o senhor das pedreiras, dos raios e do fogo. A data consagrada a Xangô é 30 de setembro, mas como a data não coincide com o domingo, dia de atividades dos Caminheiros, a homenagem foi adiada para a data mais próxima.
Com muita alegria, o centro convida todos os amigos, as amigas, os frequentadores e familiares para mais uma celebração de fé e gratidão a Xangô, um grande pai, que protege e abençoa seus filhos, com a sua imensa bondade e carinho. A festa terá início às 19h30. Os Caminheiros esperam que cada aceite o convite e venha compartilhar de mais este momento de fé e de alegria da casa. 
Kaô, Kabecilê!
SAIBA MAIS SOBRE XANGÔ

Caravana chega aos invisíveis de Ceilândia

Imagem
Voluntários e diretores da Ascap vão às ruas da maior cidade do Distrito Federal para oferecer alimento e roupas aos que vivem em condições subumanas. É a Caravana de Antônio de Pádua em mais uma ação

QUEM CHEGA  à Quadra 1/3 de Ceilândia Norte se depara com um prédio normal de famílias de classe média. Um olhar mais acurado percebe que o subsolo do edifício é triste depósito de pessoas que lá buscam se abrigar do frio da noite. Pelas aberturas da rede de captação de água pluvial é possível distinguir, apesar da pouca luminosidade, colchões, utensílios, pedaços de cobertas e madeiras. Sobre a cabeça dessas pessoas invisíveis aos olhos da sociedade e dos poderes, a vida corre normal. O acesso delas ao abrigo é por meio de um suposto bueiro, cuja tampa de ferro foi substituída por um pedaço de madeira.
O entregador de pizza chega, dirige-se à portaria, cumpre a tarefa e volta ao posto de trabalho ou segue adiante para entregar mais encomendas. Parece que sob seus pés e as rodas da motoci…

Domingo tem festa das crianças

Imagem
Crianças da espiritualidade: SAIBA MAIS

Bazar da Ascap: solidariedade é atitude

Imagem
É GRANDE o número de pessoas que passam por extrema dificuldade para sobreviver. A crise econômica e o alto índice de desemprego têm alastrado a miséria. A Ação Social Caminheiros de Santo Antônio de Pádua (Ascap), com todas as suas limitações, tem se empenhado vigorosamente na tarefa de amenizar o sofrimento de algumas famílias, principalmente daquelas que vivem no Sol Nascente, a maior favela da América Latina, a menos de 50km do centro do poder, instalado na Esplanada dos Ministérios.
Para suas ações, a Ascap tem contado, e conta, com colaboração de amigos e amigas dos Caminheiros. Uma das fontes de renda é a realização, sempre no segundo sábado de cada mês, do Bazar da Ascap. Com a renda obtida, tem sido possível adquirir cestas básicas que são entregues a famílias da favela e, eventualmente, aos que batem à porta dos Caminheiros em busca de um auxílio emergencial, pois não têm sequer um pão para se alimentar, além de prestar outros serviços.
Neste sábado, 9 de setembro, das 8h30 à…