Caminheiros homenageiam Oxóssi

Hoje, a partir das 19h30, os Caminheiros de Santo Antônio de Pádua estarão em festa. As homenagens são para Oxóssi, o orixá rei das matas, da caça e da fartura. Na Umbanda, ele é o patrono dos caboclos, uma das linhas mais ativas nos terreiros. No Candomblé, é um antepassado africano divinizado, filho de Iemanjá, protetor das matas; irmão de Omulu-Obaluaiê e rei da cidade Oió, cidade da África sudanesa, de onde vieram os povos nagô (ketu, ijexá e oió) e mina-jêje. Pelo sincretismo religioso, no Rio de Janeiro, Oxóssi está associado a São Sebastião, e, na Bahia, a São Jorge. Nos Caminheiros, adota-se a relação com o mártir São Sebastião, reverenciado no catolicismo.
As referências à condição de caçador de Oxóssi têm a ver com a busca do conhecimento e da sabedoria. Há uma forte relação entre esse orixá e aqueles que se dedicam à ciência e à doutrina. Ele “traz o alimento da fé e o saber aos espíritos fragilizados”.
Algumas fontes de informação dão conta que o culto a Oxóssi foi muito reduzido na África, em razão da quase total destruição da cidade de Ketu, em meados do século 18. Grande parte da população de Ketu foi vendida como escrava para o Brasil e Antilhas. No entanto, é muito difundido no Brasil e em Cuba, além de outros países da América em que a cultura iorubá tem grande influência na cultura e religiosidade das populações.
Quinta-feira é o dia da semana consagrado a Oxóssi, cujas cores são o verde, o azul turquesa e até o amarelo. Ele está associado aos elementos terra (florestas e campos cultiváveis e tem domínio sobre a caça, a agricultura, alimentação e fatura. Seu instrumento é o ofá (arco), damatá (flecha) e o erukerê (apetrecho de mão, confeccionado com metal e rabo de búfalo ou de boi, que tem a finalidade de afastar as energias das adversidades). Todos os anos, Oxóssi é lembrado em 20 de janeiro. Sauda-se esse orixá com a expressão Oké aró (Salve, oh Caçador)

Atenção
Hoje (23) Festa de Oxóssi
Horário: 19h30
Local: Centro Espírita Caminheiros de Santo Antônio de Pádua
EQNO 1/3 - Lote A - Setor O de Ceilândia

Comentários

belle jeunesse disse…
Não sei como explicar, mas as festas de oxosse são como mágicas para mim,de uma força indizivel, posso ate nao ir em alguma outra festa, mas a de oxosse é sagrada, como se fosse um batismo anual para o novo recomeço.

Postagens mais visitadas