Caminheiros contra a intolerância


A intolerância religiosa não aflige apenas os umbandistas e candomblecistas. Essa repulsiva expressão de violência está disseminada em todo o mundo. Judeus, muçulmanos entre outros grupos sociais que têm uma prática religiosa diferente das seculares — ou assim reconhecidas — também são agredidos.
No Brasil, a intolerância contra as religiões de matriz africana é inaceitável. O povo brasileiro é resultado da mistura de várias etnias, das mais diferentes origens. Assim como a discriminação racial, não há como aceitar a intolerância religiosa.
Nos últimos dias, os leitores do Blog dos Caminheiros de Santo Antônio de Pádua, por unanimidade, aprovaram o tema como um dos vários que devem ser abordados em nossas edições.
A pequena equipe das publicações virtuais dos Caminheiros continuará atenta e a cada novidade trará a informação para o nosso leitor. E se você tomar conhecimento de algum fato que mereça ser divulgado, entre em contato conosco por meio do e-mail oscaminheiros@gmail. com.
Enquanto isso, que as preces de todos os espíritas e de todas as religiões possam realizar o milagre da paz entre os homens e mulheres de fé.

Comentários

Salvelina disse…
Mente ocupada no serviço da caridade é ferramenta afiada, precisamos aproveitar esta encarnação como bendita escola, nos corrigirmos, mudarmos de atitudes, perdoar-se, e pedir perdão a Deus, perdoar os irmãos; isto é trabalho constante. Para eu dar exemplo preciso aprender, para que eu seja exemplo preciso viver.
Salvelina disse…
Na manifestação vibratória a principal característica do médium é a humildade, no plano astral o reflexo da luz envolve os médiuns, no plano da irradiação, trás luzes que transfigura as feições. O mundo espiritual aguarda o dia em que os homens possam aliar a ciência ao Sagrado para que a vida terrena passe a ter outra conotação. Somos estagiários no mundo físico. Quanto mais nos dedicarmos nos empenharmos e determinarmos a caridade, mais rápido evoluímos.

Postagens mais visitadas