PARCEIRO NA SOLIDARIEDADE

PARCEIRO NA SOLIDARIEDADE
Campanha para o Natal — clique na imagem

ASCAP e Convive discutem parceria para atender vítimas de violência

A partir da esquerda: Valéria de Velasco,
Matheus, Andrea e Marília
Um sábado (7/10) de alegrias. A diretoria da Ascap se reuniu com a coordenadora do Comitê Nacional de Vítimas de Violência (Convive), Valéria de Velasco, para discutir a possibilidade parceria entre as duas instituições. Foi um encontro muito proveitoso, no qual as ideias e objetivos foram convergentes. O Convive, criado no fim dos anos 1990, desenvolve ações de assistência às vítimas de violência.

A proposta de trabalho do Convive inspirou a instituição do Programa de Atendimento às Vítimas de Violência (ProVítima), desenvolvido durante seis anos, entre os governos de Arruda e Agnelo.  Esse trabalho, na área governamental, implicou atendimento jurídico e psicológico às pessoas que sofreram as mais diversas formas de agressão e é voltado a crianças, adolescentes e adultos, de qualquer gênero, sobretudo, àquelas com menor renda.

Essa triste, mais riquíssima experiência, será levada adiante, em parceria com a Ascap.  O primeiro passo será dado em 21 de outubro, com uma roda de conversa com as mulheres beneficiárias de cesta básica da Ascap. Será uma manhã de intensa movimentação na Ascap. As atividades deverão começar por volta das 9h, com exercícios de relaxamento para os participantes, espaço de lazer para a criançada e, em seguida, por volta das 10h30, será a aberta a primeira Roda de Conversa, que deverá ter duração entre uma e uma hora e meia. O tema ainda será definido nos próximos dias. Em seguida, o encontro será encerrado com o oferecimento de um lanche reforçado aos participantes. Haverá ainda apresentação musical ou outra atividade cultural.

Aliás, atividades culturais (música, teatro, Hip Hop e outras) integram as ações desenvolvidas pelo Convive, o que tem ampla aceitação e afinidade com as pretensões da Ascap. A ideia é aliviar, por meio de diferentes expressões de arte, as dores dos que foram vítimas pela violência.

Acertada a parceria, temos plenas chances de obter, por meio de financiamento de empresas privadas, a construção de um galpão de múltiplas atividades, com gabinetes para prestação de serviços de profissionais de psicologia e de direito às vítimas.

Agora, o próximo passo é recarregar as baterias de muita energia, pois a Ascap reúne plenas condições de realizar essa bela parceria e muitas outras que se reverterão em benefícios daqueles que, além da generosidade da Espiritualidade, necessitam de apoio material, psicológico e tantos outros para seguirem com dignidade pelas estradas desse mundão de Zambi.

Comentários

PARCEIROS NA SOLIDARIEDADE

PARCEIROS NA SOLIDARIEDADE
clique na imagem para abrir o link

Postagens mais visitadas