PARCEIRO NA SOLIDARIEDADE

PARCEIRO NA SOLIDARIEDADE
Campanha para o Natal — clique na imagem

A todas as mães


ESCOLHEMOS o poeta gaúcho para homenagear as mães. Mulheres de todas as raças e cores, de todas as crenças, de todas as origens. Mulheres que tiveram poucos ou muitos filhos e que, a cada um deles, expressou amor e carinho, estejam eles, ou não, ao seu lado, corresponderam, ou não, às suas expectativas, que estão, não vivos... Não importa. Ela ama a todos. As essas mulheres ricas ou pobres, mas guerreiras, as homenagens dos Caminheiros de Santo Antônio de Pádua, por meio da linda poesia de Mário Quintana.


Mãe

Mario Quintana

Mainha você merece
tudo de melhor no mundo
em troca do que me destes
te dou o amor mais profundo
tudo que eu possa te dar
é pouco pra te pagar
igual um cheque sem fundo

Mãe que cuida bem dos filhos
sabe a todos dar valor
ela multiplica afeto
subtrai deles a dor
com os seus filhos amados
soma, carinhos, cuidados
e divide, muito amor

A mãe que tem filho ausente
sente dor no coração
vive rezando pra deus
ao filho dar proteção
conta as horas a chorar
sonhando um dia chegar
o fim da separação

A mãe é a professora
melhor que um filho tem
tudo que ela ensinar
esquecer nunca convém
pois o que a mãe mais deseja
é que o seu filho seja
um feliz, homem de bem

Gerar um filho no ventre
é uma missão sagrada
mas por deus e a natureza
a mulher foi preparada
qual locomotiva e trilho
vida de mãe e de filho
uma na outra é montada

Um bom filho nunca deixa
a mãe só, desamparada
também ouve seus conselhos
pois mãe é sempre antenada
pressente logo o perigo
Enxergando o inimigo
onde o filho não viu nada

Uma mãe que perde um filho
sente a dor mais dolorida
morrendo o que fez nascer
nessa hora tão sofrida
se ela pudesse escolher
para seu filho viver
ela dava a própria vida

Mamãe de todas as tribos
por serem mães, são iguais
todas corujam seus filhos
acham que eles são demais
pra elas, filhos são santos
uns anjinhos, uns encantos
são lindos e geniais

Tem mãe que não gera filhos
mas é mãe de coração
dando a eles seu amor
através da adoção
dão também, um berço, um ninho
um lar cheio de carinho
cuidados e atenção

Filho precisa lembrar
das coisas que a mãe falou
o respeito aos mais velhos
valores que ela plantou
ser honesto, ser amável
um ser humano agradável
do jeito que ela ensinou

Mãe quer seu filho capaz
de ter firmes posições
tratar bem, jovens, crianças
em qualquer situações
agir de forma exemplar
pra ela se orgulhar
de todas suas ações

Mãe é aquela que cuida
ama, e dá educação
que cobra, mas estimula
que além de dar proteção
quer ver seu filho crescer
prosperar e entender
que a vida é uma missão

Mãe quer ver, seu filho grande
próspero ou bem empregado
quer que ele seja querido
seja vivido e honrado
que por onde ele passar
saiba a todos respeitar
pra poder ser respeitado

Mãe de um filho especial
que com abnegação
dá a ele o bem estar
redobrando a atenção
permitindo sua vida
ser plenamente vivida
em perfeita condição

Filhos que perderam mães
ainda com pouca idade
e tiveram a sorte grande
de encontrar muita bondade
numa madrasta querida
que lhes dedicou a vida
sendo uma mãe de verdade

Madrastas que ao amarem
homens que já tinham filhos
se afeiçoaram as crianças
nelas não vendo empecilhos
e quanto mais amor davam
mais de vida melhoravam
deus as cobriam de brilhos

Mães de meninos, meninas
vó, que de mãe tem função
filhos com deficiências
gêmeos idênticos ou não
sejam teus filhos carentes
broncos ou inteligentes
heroínas, vocês são

Já disseram que ser mãe
é padecer no paraíso
mesmo não sendo chacrinha
eu digo, rodo e aviso
que amor de mãe é tão forte
que até na hora da morte
gritar por ela é preciso

Mãe é palavra tão doce
linda de pronunciar
a boca fica adoçada
ao nome dela falar
porque quem tem mãe tem tudo
e mesmo quem nasce mudo
um "mamam" tenta falar

Mãe, é rainha da vida
mãe, é rainha do lar
mãe, é rainha de tudo
do céu, da terra, do mar
mãe, é ontem, é o eterno
o hoje, o velho, o moderno
mãe, é sinônimo de amar

Os dias da minha vida
mainha, não são só meus
com os seus se misturaram
formando um nós, de dois eus
e são a ti dedicados
porque a mim foram dados
na forma dos sonhos teus

Minha poesia é pouca
pra tentar te definir
as palavras soam ôcas
quando quero exprimir
o teu grau de importância
por isto, volto à infância
para em teu colo dormir

Minha mãezinha querida
amor do meu coração
riqueza da minha vida
inspiração, emoção
ontem, hoje e amanhã

Quem não dá valor à mãe
um tolo é, com certeza
incauto vivendo a vida
não aprecia a beleza
temos que louvar às mães
aproveito pra lembrar
não esqueçam de louvar
a nossa mãe natureza


Comentários

Anônimo disse…
Grande Mário Quintana!

PARCEIROS NA SOLIDARIEDADE

PARCEIROS NA SOLIDARIEDADE
clique na imagem para abrir o link

Postagens mais visitadas