VAMOS HOMENAGEAR AS MÃES NANÃ, OXUM, IEMANJÁ E IANSÃ



Amigos e amigas dos Caminheiros de Santo Antônio de Pádua,

Neste domingo (6/12), o centro renderá homenagens as grandes mães Nanã, Oxum, Iemanjá e Iansã. Será, como ocorre todos os anos, momento especial e de profunda ternura pelo acolhimento que elas nos oferecem ao longo da nossa trajetória neste plano material. A festa começará às 19h30, na sede da entidade, à EQNO 1/3, Lote A, Área Especial do Setor de O de Ceilândia.

Além do muito que temos a agradecer, acredito que o momento será de pedir forças, inspiração e discernimento frente aos frequentes ataques que umbandistas e candomblecistas têm sido alvo. Só neste ano, 14 casas afrorreligiosas foram incendiadas no Distrito Federal e nos municípios goianos vizinhos de Santo Antônio do Descoberto, Valparaíso e Águas Lindas.

O mais recente ataque ocorreu no último dia 27, quando o terreiro de Mãe Baiana, líder das lutas em defesa dos povos tradicionais de matriz africana, foi covardemente queimado na madrugada. Entre 2014 e 2015, mais de mil centros de umbanda e candomblé foram destruídos no Rio de Janeiro.

Assim, é preciso pedir que mães Nanã, Oxum, Iemanjá e Iansã diluam nas águas o discurso de ódio que incita a violência contra os terreiros, e tragam enorme onda de respeito a nossa prática religiosa. Que 2016 seja ano de paz entre as muitas religiões. As agressões perpetradas contra os terreiros estabelece rivalidade incompreensível entre os que apelam a Deus por saúde, paz, prosperidade e vida digna.

Comentários

Postagens mais visitadas