Homenagem a Cosme e Damião vai até as creches


Domingo foi dia de festa. A alegria contagiou os Caminheiros de Santo Antônio de Pádua na singela homenagem a Cosme e Damião, às crianças (ibejis). Muitos doces, frutas e flores, além de balões em tons rosa e azul, deram um toque mágico ao ambiente. Os brinquedos levados às crianças espirituais em agradecimento por graças alcançadas foram compartilhados com meninos e meninas que assistiram à festa.

Como todos os anos, pela bênção de Zambi e de todos os orixás, a mesa estava farta. Bolos, doces e muitas outras guloseimas foram partilhados com os amigos, amigas e crianças que prestigiaram as homenagens aos ibejis. A maior parte dos doces foi reservada para ser entregue às crianças que foram aos Caminheiros e que, nem sempre, têm como degustar as iguarias que as alegram. A colaboração de médiuns, frequentadores, amigos e amigas da casa somou para tornar mais brilhante a comemoração.

Nesta terça-feira, a festa prosseguiu. Integrantes da diretoria da Ação Social Caminheiros de Antônio de Pádua (Ascap) distribuiu cestos de doces em duas creches de Ceilândia: Creche Boa Árvore do Centro Espírita Boa Árvores e Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais e Deficientes de Taguatinga e Ceilândia (Apaed), que, respectivamente, atendem a pequeninos menores de 5 anos, e crianças e adolescentes excepcionais. “Foi mais um momento de muita alegria”, disse Balbina Rodrigues, médium antiga do centro e presidente da Ascap.

A falange das crianças é uma das mais festejadas pelos Caminheiros. O fundador da casa, Ogum da Floresta, a tinha como grande parceira nos trabalhos espirituais. Quem chega ao centro não sai sem levar balas — tradição mantida em 44 anos de existência da instituição. Para Ogum da Floresta, os movimentos rápidos, as traquinagens, a inocência e a ingenuidade das crianças, além da pureza de sentimentos, fazem com que trabalhos espirituais sejam abençoados.

Ogum da Floresta explicava que as crianças têm o dom de entrar onde os grandes não conseguem passar e, assim, vencer grandes barreiras. “Ninguém se recusa, meus filhos, a atender ao pedido de uma criança”, ensinava ele, acrescentando que os pequeninos conseguem emitir energias transformadoras, que quebram resistências, purificam o ambiente e adoçam o coração das pessoas.

 **************************
 Para ver o álbum de fotografias da Festa de Cosme e Damião e da entrega de doces nas creches clique no link 
Para saber mais sobre o orixá Ibeiji, acesse a página:  http://oscaminheiros.blogspot.com.br/p/hoje-e-dia-de-festa.html

 AGRADECIMENTO
O Centro Espírita Caminheiros de Santo Antônio de Pádua quer expressar reconhecimento e, ao mesmo tempo agradecer, o trabalho dos médiuns e colaborares Ana, Alice, Alessandro, Patrícia, Suzete, Matheus, Udnei, Andreia, Ismael, Manoel Antão, Oscar, Jô, Luana, Elen, Thais, Gabriel Haia e Cláudio que compuseram equipe incansável para embalar doces e produzir a decoração do salão principal para Festa de Cosme e Damião. Que a cúpula espiritual do centro e todas as crianças do astral possam dar a cada um a bênção que precisam, além de muita saúde, paz, alegrias e energias e fé renovadas. Agradece ainda a Valéria pelo trabalho de fotografia. Que Zambi os abençoe!




Comentários

Foi uma festa maravilhosa e com uma energia mágica. Agradecimentos também aos nossos irmãos mediuns Luana e Gabriel que dedicaram seu domingo decorando nossa casa.
Foi uma festa maravilhosa e com uma energia mágica. Agradecimentos também aos nossos irmãos mediuns Luana e Gabriel que dedicaram seu domingo decorando nossa casa.

Postagens mais visitadas