PARCEIRO NA SOLIDARIEDADE

PARCEIRO NA SOLIDARIEDADE
Campanha para o Natal — clique na imagem

Oficina de bonecas homenageia os orixás


Oficina de bonecas abayomi: participantes aprovam e desejam
que a Ascap promova mais mais atividades do gênero

A família e os orixás foram homenageados pelos participantes do primeiro curso de confecção de bonecas Abayomi, promovido pela Ação Social Caminheiros de Antônio de Pádua (Ascap). A atividade agradou aos oficineiros ― homem, mulheres e crianças ― e deixou todos com gosto de “quero mais”, segundo a artesã Susy Cunha, que coordenou a atividade, na tarde do último sábado (25/7), na sede da instituição.
Algumas bonecas produzidas durante a oficina

“O grupo demonstrou profundo interesse pela história da Abayomi e concordou que mais ações afirmativas devem ser promovidas a fim de alcançar a comunidade, o que é muito importante para preservação e disseminação da cultura afro”, contou Susy. Segundo ela, as pessoas ficaram emocionadas ao saberem a origem das bonecas abayomi, expressão iorubá que significa encontro precioso (abay = encontro e omi = precioso).

Embora não tenha data marcada, a próxima atividade da Ascap será inspirada na cultura afro-brasileira. Suzy adiantou que a ideia é trabalhar a produção de escultura de bonecas com uso de garrafas modeladas com papel marchê. A proposta foi acolhida pelos oficineiros. 

Nova colaboradora
Jô (E) e a artesã Susy: ambas integram a direção da Ascap
Rose, uma das participantes, se prontificou para ser colaboradora da Ascap nas futuras ações programas pela instituição. Ela é professora, palestrante, reikiana e massoterapeuta. No encerramento da oficina, o grupo conheceu o bazar da Ascap, cuja renda é destinada às ações voltadas às famílias carentes. “Além de a gente ter tido uma tarde agradável, foi possível mergulhar na cultura dos nossos ancestrais. Vale lembrar que a Ascap apoia a Década Internacional de Afrodescentes, lançada, na última quarta-feira (22/7), pela Organização das Nações Unidas e pelo governo brasileiro”, completou Suzy. 

**************
Saiba mais

Origem Bonecas Abayomi
Para acalentar seus filhos durante as terríveis viagens a bordo dos tumbeiros ― navio de pequeno porte que realizava o transporte de escravos entre África e Brasil ― as mães africanas rasgavam as saias e criavam pequenas bonecas, feitas de tranças ou nós, que serviam como amuleto de proteção. As bonecas, símbolo de resistência, ficaram conhecidas como Abayomi, termo que significa “encontro precioso”, em iorubá, uma das maiores etnias do continente africano cuja população habita parte da Nigéria, Benin, Togo e Costa do Marfim (fonte: www.afreaka.com.br). Os iorubá são do sudoeste da Nigéria e estão espalhados pelas repúblicas do Benin (antigo Daomé), do Togo (norte). Quando desembarcaram no Brasil como escravos, foram chamados de nagô. Os iorubá exerceram forte domínio social e religiosos sobre outros grupos, exceto os islâmicos, que também chegaram ao país como mão de obra escrava.


********
Dia da Mulher Afro-Latino-Americana e Caribenha
O Dia da Mulher Afro-Latino-Americana e Caribenha foi criado em 25 de julho de 1992, durante o I Encontro de Mulheres Afro-Latino-Americanas e Afro-caribenhas, em Santo Domingos, República Dominicana. Estipulou-se que este dia seria o marco internacional da luta e da resistência da mulher negra. Desde então, sociedade civil e governo têm atuado para consolidar e dar visibilidade a esta data, tendo em conta a condição de opressão de gênero e racial/étnica em que vivem estas mulheres, explícita em muitas situações cotidianas.
O objetivo da comemoração de 25 de julho é ampliar e fortalecer às organizações de mulheres negras do estado, construir estratégias para a inserção de temáticas voltadas para o enfrentamento ao racismo, sexismo, discriminação, preconceito e demais desigualdades raciais e sociais. É um dia para ampliar parcerias, dar visibilidade à luta, às ações, promoção, valorização e debate sobre a identidade da mulher negra brasileira.

Comentários

PARCEIROS NA SOLIDARIEDADE

PARCEIROS NA SOLIDARIEDADE
clique na imagem para abrir o link

Postagens mais visitadas