PARCEIRO NA SOLIDARIEDADE

PARCEIRO NA SOLIDARIEDADE
Campanha para o Natal — clique na imagem

Estudo de Umbanda: A importância do sincretismo

Esse é um dos exemplos. Mas todos os outros orixás
têm um correspondente no panteão de santos católicos
Nesse domingo (4/5), haverá a segunda aula do Estudo Sistematizado de Umbanda aberto a todos os amigos e amigas dos Caminheiros de Santo Antônio de Pádua. O encontro será das 16h às 17h e abordará a importância do sincretismo para a convergência universalista da Umbanda — as influências dos cultos afro, da pajelança indígena, do catolicismo, do espiritismo e de outras filosofias. 

O primeiro encontro com a instrutora Carla Costa ocorreu em 6 de abril, quando ela discorreu sobre a origem, o objetivo e a história da Umbanda. Na ocasião a mestra fez uma síntese da trajetória do médium Zélio Fernandino de Moraes, que incorporou o Caboclo das Sete Encruzilhadas em uma sessão espírita, pautada pela orientação kardecista. 


Era 15 novembro de 1908, Zélio tinha apenas 17 anos quando incorporou o seu Sete Encruzilhadas, que anunciou o surgimento de uma religião solidária, fraterna, acolhedora e, sobretudo, voltada à prática da caridade. Assim, entre os principais fundamentos da Umbanda está o “dar de graça o que de graça recebemos”, ou seja, colocar à disposição do próximo os dons mediúnicos, que são um bênção divina.


No dia seguinte — 16 de novembro de 1908 —, no Centro Espírita Nossa Senhora da Piedade, em São Gonçalo, Niterói (RJ), o Caboclo das Sete Encruzilhadas voltou a incorporar em Zélio de Moraes e, diante de um multidão, estabeleceu as bases da Umbanda, uma religião que nascia em solo brasileiro e agregava valores de várias outros cultos e filosofias, como as seitas afro-brasileiras, o espiritismo de Kardec, a pajelança indígena.

Essa heterogeneidade de elementos significava, acima de tudo, que a Umbanda nascia aberta a todas as contribuições que promovam a evolução das pessoas, valorize a vida (essa benesse de divina) e as ajudem a cumprir e dignificar a missão que têm no planeta. Na aula desse domingo, a instrutora Carla Costa vai detalhar essas contribuições que somaram para a construção da Umbanda. Será possível perceber o quanto essa religião é generosa e desprovida de preconceitos.

 

Fique atento
Estudo Sistematizado de Umbanda
2ª aula: A importância do sincretismo para a convergência universalista da Umbanda — as influências dos cultos afro, da pajelança indígena, do catolicismo, do espiritismo e de outras filosofias.
Data: Domingo (4 de abril)
Horário: 16h

Local: Salão principal do Centro Espírita Caminheiros de Santo Antônio de Pádua, EQNO 1/3, Lote A, Área Especial do Setor de Ceilândia

Comentários

PARCEIROS NA SOLIDARIEDADE

PARCEIROS NA SOLIDARIEDADE
clique na imagem para abrir o link

Postagens mais visitadas