PARCEIRO NA SOLIDARIEDADE

PARCEIRO NA SOLIDARIEDADE
Campanha para o Natal — clique na imagem

Motivos para seguir sendo umbandista


Frente a tantas críticas, intolerância e incompreensões, não é nada fácil ser espírita e, menos ainda, umbandista. Somos tachados de macumbeiros, feiticeiros, entre outras expressões depreciativas. Perseverar na fé e mantê-la inalterada é uma prova difícil. Nem todos estão preparados para vencê-la.  Às vezes,  palavras de estímulo são necessárias para reforçar a nossa convicção, evitar o desânimo e renovar as energias para seguir em frente.
Hoje, felizmente, recebemos uma bela mensagem, voltada aos kardecistas, também alvos de muitas incompreensões, e que bem se aplica aos umbandistas, escrita por Inácio Ferreira, da cidade mineira de Uberaba. Então, veja a íntegra abaixo:

12 razões para você continuar sendo espírita (umbandista)

1 – O Espiritismo é uma doutrina livre, que não possui chefes e nem donos – nele, a única autoridade é a de Jesus Cristo.
2 – Para ser espírita ao seu modo, você não tem que dar satisfações a ninguém.
3 – Absolutamente, não existe a menor necessidade de que o seu grupo se filie a esse ou àquele Órgão centralizador, ao qual deva prestar obediência ou se sujeitar a inspeção.  
4 – Para ser médium onde e como quer você não carece de outro aval que não seja o de sua própria consciência.
5 – A opinião de qualquer espírita em torno de seu trabalho diz respeito somente a ele, e, em essência, vale quase nada.
6 – A rigor, o espírita convicto não precisa se dizer tal nem em pesquisa do IBGE.
7 – Se não estiver satisfeito com o que acontece na casa que você frequenta, sem comunicar nada a quem seja, pode sair dela, alugar um barraco e fundar o “seu” próprio Centro Espírita.
8 – A quem, porventura, lhe rotule de antidoutrinário, você deve simplesmente ignorar em sua tola pretensão de patrulheiro doutrinário da conduta alheia.
9 - Não admita quem lhe queira ensinar técnicas específicas de transmissão do passe, porque isto é característica de cada um – o que conta é a simples imposição das mãos, sem necessidade de toque direto, e o desejo de ser útil.
10 – Não há necessidade de que você exiba atestado de santidade moral a quem, atrevidamente, lho peça.
11 – Kardec codificou a Doutrina, mas, em verdade, a Revelação Espírita está longe de ser concluída.
12 – Através das lentes da Fé Raciocinada, leia tudo, e não apenas Espiritismo, porque, em realidade, o Espiritismo não está contido apenas nas obras rotuladas de espíritas.

E, evidentemente, sem perder a linha, você poderá simplesmente dizer a quem lhe vier aporrinhar com o intuito de “enquadrá-lo” em suas ortodoxas concepções doutrinárias: - Não me venha ensinar o que você não sabe!...

Comentários

PARCEIROS NA SOLIDARIEDADE

PARCEIROS NA SOLIDARIEDADE
clique na imagem para abrir o link

Postagens mais visitadas