PARCEIRO NA SOLIDARIEDADE

PARCEIRO NA SOLIDARIEDADE
Campanha para o Natal — clique na imagem

Saudações aos orixás: o que significam


A Umbanda, embora considerada uma religião brasileira, traz na sua matriz muito dos cultos africanos, aborígenes, católico e de outras manifestações de fé. O matiz mais acentuado, no entanto, é o africano. Daí, a Umbanda ser considerada também um prática de matriz afro, ao lado dos cultos africanos, que se distinguem pela origem das nações de origem dos negros que aportaram no Brasil, trazidos como escravos. Assim, temos, entre outros, bantus, nagô,  angola, jejê, ketu.

Encravada nesse mosaico afro-brasileiro, a Umbanda introjetou muito dos dialetos africanos no culto aos orixás. O mais popular no Brasil é o iorubá, falado pelo povo que leva o mesmo nome e é considerado o maior grupo étnico-linguístico da África Ocidental, que soma cerca de 30 milhões de africanos. Eles estão espalhados pela República do Benin, pelo Togo, Serra Leoa, Nigéria (onde há maior concentração de iorubás).

As expressões, a maioria delas, iorubás, estão nos pontos cantados (toadas ou  zuelas) e nas saudações aos orixás. As formas de cumprimento às divindades são usuais tanto no Candomblé quanto na Umbanda. Mas muitos umbandistas, por não ter um estreito contato com a língua iorubá ou de outras nações, fazem as saudações porque assim aprenderam, mas não sabem o significado das expressões.

O Blog dos Caminheiros pesquisou e encontrou as traduções mais comuns para as saudações aos orixás cultuados na Umbanda. Então, vejamos:
Oxalá - Epababá – Saudamos o Pai.

Saravá - força que movimenta a natureza

Xangô - Caô Cabecilhe - olhamos e curvamos a cabeça. Venham ver e admirar o rei.

Ogum tem duas saudações:
Patukiri – Me sinto honrado em ter Ogum em meu Ori
Ogunhê ou Ogum yê - Ogum é forte

Omlu/Obaluaiê - Atotô - silêncio ( como forma de respeito) ele está entre nós.

Oxóssi – Okê arô – Salve o grande caçador

Yemanjá – Tem também duas:
Odoiá - Mãe do grande rio ou amada senhora do rio
Odoci iá – mãe cujos filhos são peixes

Oxum - Oraiei eu- eu  - chamamos a benevolência da mãe

Iansã - Eparrei Oyá – Salve os ventos

Nanã – Saluba – Salve a mãe das mães

Beijada – Oni Beijada – Salve o que é dois

Caboclos – Okê – Salve!

Boiadeiro - xetruá ou xetuá (sem tradução) ou ba axé, cabloco, que pode ser  compreendido como força, energia caboclo

Preto Velhos – Adorei as Almas

Exu – Também tem duas: Laroyê – aquele que argumenta
Mojubá – Meus respeitos ( idem)

Malandros – Salve a malandragem

Ciganos – Tem duas também:

Namastê – o deus que habita em mim, saúdo o deus que habita em você
Arriba – Levanta

Comentários

PARCEIROS NA SOLIDARIEDADE

PARCEIROS NA SOLIDARIEDADE
clique na imagem para abrir o link

Postagens mais visitadas