PARCEIRO NA SOLIDARIEDADE

PARCEIRO NA SOLIDARIEDADE
Campanha para o Natal — clique na imagem

2 DE FEVEREIRO: FESTA A IEMANJÁ NA PRAINHA


Os terreiros de Umbanda e Candomblé do Distrito Federal estão se mobilizando para render homenagens a Iemanjá, neste sábado, 2 de fevereiro. As cerimônias vão ocorrer na Praça dos Orixás, na Prainha, próxima ao Pontão do Lago Sul, a partir das 15h.
As homenagens à rainha do mar ocorrerão na maioria das unidades da Federação. Iemanjá, a grande mãe, é reconhecida pela proteção que dispensa às famílias e as crianças. Este sábado é dia de presenteá-la com flores e perfumes ao mar. Odossiá. Viva Iemanjá!

  Saiba mais  

Mãe Iemanjá, Senhora da calunga grande (mar). Sincretizada no Rio de Janeiro com Nossa Senhora da Glória comemorado em 15 de agosto. Na Umbanda, ela também recebe o título de Senhora da Coroa Estrelada.

A tradicional Festa de Iemanjá na cidade de Salvador, capital da Bahia, tem lugar na praia do Rio Vermelho sempre em 2 de fevereiro. Na mesma data, Iemanjá também é cultuada em diversas outras praias brasileiras, onde lhe são ofertadas velas e flores, lançadas ao mar em pequenos barcos artesanais.


A festa católica acontece na Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia, na Cidade Baixa, enquanto os terreiros de candomblé e umbanda fazem divisões cercadas com cordas, fitas e flores nas praias, delimitando espaço para as casas de santo que realizarão seus trabalhos na areia.

Em São Paulo, a maior comemoração é no dia 8 de dezembro, na Praia Grande.

No Rio Grande do Sul e em Santa Catarina a comemoração é no dia 2 de fevereiro, onde, Iemanjá é sincretizada com Nossa Senhora dos Navegantes. As cerimônias são comumente feitas à beira-mar, no litoral gaúcho. Também ocorrem em rios, como o Guaíba, em Porto Alegre. Em Santa Catarina, as homenagens acontecem em 2 de Fevereiro, na Praia Central de Balneário Camboriú.

No Rio de Janeiro, a festa de Iemanjá é comemorada nos dias 30 e 31 de dezembro, na manhã da véspera do Ano Novo para evitar um maior congestionamento nas praias e ruas. As oferendas lançadas ao mar para a orixá contam de palmas e rosas nas cores branca e rosa, é seu dia e sábado. Suas saudações são Odoyá ou Odossiá. Também Ilá-Omo-Ejá, que traduzido do dialeto yorubá significa: mãe cujos filhos são peixes.

Cores: azul claro ou branco transparente.

Comentários

PARCEIROS NA SOLIDARIEDADE

PARCEIROS NA SOLIDARIEDADE
clique na imagem para abrir o link

Postagens mais visitadas