PARCEIRO NA SOLIDARIEDADE

PARCEIRO NA SOLIDARIEDADE
Campanha para o Natal — clique na imagem

Terreiros unidos para criar o Comitê Distrital de Distribuição de Alimentos nesta segunda-feira

Reunião, às 19h, vai definir as ações para o desenvolvimento de uma política emergencial voltada ao atendimento das famílias em situação de insegurança nutricional

No passado, perseguidos pelas forças de segurança, hoje, os terreiros de Umbanda e Candomblé são parceiros do governo federal para a eliminação de uma das mais graves chagas sociais do país: a fome. Nesta segunda-feira (19/11), a partir das 19h, representantes da Federação de Umbanda e Candomblé de Brasília e Entorno, do Fórum Afrorreligioso do Distrito Federal e Entorno (Foafro) e da Rede Afrobrasileira Sociocultural promovem mais uma reunião para institucionalizar e criar o Comitê Gestor Distrital da Ação de Distribuição de Alimentos para Povos e Comunidades Tradicionais de Matrizes Africanas. 


Por meio da Cooperação Técnica nº 1/2012, a Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir nacional), o Ministério de Desenvolvimento Social e Combate a Fome (MDS) e a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estão unidos para formalizar uma parceria com as organizações sociais, que representam as comunidades de terreiro, a fim de desenvolver uma política emergencial para atender as famílias em situação de insegurança alimentar e nutricional.


Essa política constitui na distribuição de alimentos a estas famílias em vulnerabilidade social e alimentar, por intermédio dos terreiros de Umbanda e Candomblé, considerados polos de apoio social nas regiões mais carentes. O Comitê será composto por pessoas da sociedade civil, e terá papel de assegurar transparência na distribuição dos alimentos.


 Resgate social 
A abordagem e busca pelo resgate social para os povos de matriz africana, representados pelos Povos de Terreiro, vem sendo objeto de vasto debate nos últimos anos. As conquistas que estão surgindo e estão por vir são objeto da união, diálogo e articulação de diversos setores em busca de políticas públicas adequadas para as comunidades da afrorreligiosidade.

O Programa Brasil Sem Miséria, carro-chefe da politica social do governo federal, objetiva beneficiar 16 milhões de brasileiros, que vivem abaixo da linha da pobreza e passam fome. Desse universo, metade está espalhada nas áreas rurais do país, com maior concentração no Nordeste, e o restante, pulverizado nas periferias das grandes cidades. Essas pessoas precisam ser resgatadas e inseridas no setor produtivo. Mas para isso, o primeiro passo é retirá-las da condição de famintas, essencial para que possam desenvolver  atividades, como estudar e trabalhar. Dessa forma, elas conquistarão condições para o exercício da cidadania. 

FIQUE ATENTO
Reunião do Comitê Gestor Distrital da Ação de Distribuição de Alimentos para Povos e Comunidades Tradicionais de Matrizes Africanas
Data: Segunda-feira, 19 de novembro
Horário: 19h
Local: Fetratuh (Federação dos Trabalhadores em Turismo e Hospitalidade), no SDS (Setor de Diversão Sul), Edifício Venâncio VI, sala 202

Comentários

PARCEIROS NA SOLIDARIEDADE

PARCEIROS NA SOLIDARIEDADE
clique na imagem para abrir o link

Postagens mais visitadas