PARCEIRO NA SOLIDARIEDADE

PARCEIRO NA SOLIDARIEDADE
Campanha para o Natal — clique na imagem

"Minha fé é o que me guia"


Por Mãe Renata D' Iansã

Umbanda é coisa pra gente séria e comprometida, são muitos os que querem fazer parte dela e adentram a uma casa de fé, são poucos que se desenvolvem e criam uma conduta de amor, fraternidade e caridade, mais raros são os que permanecem nela por anos a dentro de suas vidas sem esperar resolução dos seus problemas ou reconhecimento, apenas amam o que fazer e se doam pra caridade espiritual.

Ser umbandista não é posto nem cargo.
Ser umbandista não te faz imune aos sofrimentos e dificuldades que existem na vida.
Ser umbandista não te enriquece e nem te faz melhor do que outras pessoas.
Ser umbandista não é brincar de cantar e bater palma e sacudir o corpo.
Ser umbandista não é ser cabide de guias e colares no pescoço.
Na Umbanda não cabe:
Vaidade;
Avareza;
Preguiça;
Mais ou menos;
Melindres;
Pouco Caso;
Poder;
Estrelismo;
Falta de interesse;
Falta de conhecimento;
Falta de compromisso;
Falta de fé;

Na Umbanda não cabe a "falta" e sim tem muito espaço para a "presença" de quem nela acreditar...
Se toda vez que um médium tiver problemas ele culpar a umbanda, coloque uma certeza única como resposta... Ele nunca foi umbandista...
E de uns tempos para cá na minha casa e em outras de amigos e irmãos que vejo por ai, entendo que por moda, curiosidade ou passa tempo, vontade de ser popular ou de ter seus problemas resolvidos, muitas pessoas não "são" médiuns e nem umbandistas.

Mas, sim, "estão" médiuns e "estão" umbandistas naquele momento.

Existem filhos maravilhosos e comprometidos, como também existem pessoas que "estão" filhos temporariamente de uma casa.

Eu entendo e respeito, desde que o seu "estar" não prejudique o acreditar e viver de muitos dentro da religião.

Hoje, meu espaço é em Mairiporã, mais distante em km mais grande no coração.

Na lembrança de muitos ele continua intacto e firme, onde quer que ele for plantado, e para mim também, e sabe o por que eu fico triste com pessoas que "estão" e não com as que "são"?
É pelo simples fato de a umbanda ser a minha vida, meu trabalho, minha diversão, minha alma, minha fé, meu chão, meu tudo...

E ainda sim, mesmo dirigente de uma casa, não sou ilesa e nem imune aos muitos problemas que tenho, e sabe onde esta a diferença dos meus problemas pra o de qualquer pessoa?

Não faço deles os impedimentos e obstáculos principais do meu dia, coloco de lado e vejo a parte boa que me sobra e garanto que isso me faz feliz, pois sei que quanto maior o problema, maior o desafio e melhor o aprendizado.

Umbanda, Candomblé, mediunidade, não são modismos!

São coisas sérias pra gente grande!

Seja grande diante dela e pequeno perto dos obstáculos que consistem em atrapalhar a tua vida...

Não culpe a Umbanda, mais sim, aprenda com ela!

Aprenda esta cantiga e deixe ela invadir seu coração...

Eu sempre te amei, sempre hei de lhe adorar...
Umbanda querida dona da terra e o mar...

Umbanda, Umbanda ê
Umbanda, Umbanda á

No terreiro de Umbanda, que eu aprendi a amar...
Todo mundo que nasce, é meu amigo;
Tenho paz e amor no coração;
Humildade também mora comigo;
e a ninguém faço ingratidão;

Eu ascendo uma vela todo dia;
E aos meus guias eu peço proteção!

( Contribuição da irmã Haia Almeida ao blog dos Caminheiros)

Comentários

PARCEIROS NA SOLIDARIEDADE

PARCEIROS NA SOLIDARIEDADE
clique na imagem para abrir o link

Postagens mais visitadas