PARCEIRO NA SOLIDARIEDADE

PARCEIRO NA SOLIDARIEDADE
Campanha para o Natal — clique na imagem

Ministério Público acusa Igreja Universal de Estelionato

Comentários

Smilodom disse…
Não vejo com bons olhos as atitudes um tanto "suspeitas" de algumas igrejas ditas "evangélicas". Mas também não vejo a necessidade de nós espiritualistas criticar, afinal, quem dá, dá o que é seu, e não há o que fazer. Cada um vai, mais cedo ou mais tarde, ser cobrado por seus atos. Cabe a nós, esclarecidos a luz dos orixás, fazer o nosso trabalho, se cada um fizer a sua parte, todos ganham. Se ficarmos criticando a religião dos outros, estaremos fazendo o mesmo que eles fazem. Há bons evangélicos assim como há falsos espiritas. Maças podres há em todos os lugares. O importante é procurarmos agir como verdadeiros cristão que somos, praticando a caridade, o amor e a fé. Saravá a todos. Namastê!
creusa disse…
A respeito do comentário anterior, eu me permito responder que, respeitar o livre arbítrio de cada um escolher a sua fé, sem dúvidas é o melhor caminho pois a religião, qualquer que seja, nos deve conduzir para o progresso espiritual. Denunciar e apoiar o MP no seu trabalho não me parece fugir dessa linha de conduta. Havemos de separar o joio do trigo. De fato existem frequantadores da IURD que merecem todo o respeito, mas daí a fechar os olhos para o absurdo do Sr. Edir Macedo usar a fé das pessoas para seu enriquecimento e de seus comparsas, é antes de tudo omissão. A IURD é um caso de Polícia, cuja impunidade nós assistimos sem reação, bem debaixo de nossos narizes. Além disso, ele usa a sua rede de comunicação para denegrir as demais religões, principalmente a Umbanda. Igual tratamento deve ser dado a todos aqueles que usam a religião para se beneficiar financeiramente, sejam eles de que credo for. Recentemente, foi largamente divulgada por esse site, a demolição da casa onde nasceu a Umbanda, que ocorreu graças a nossa atitude pacífica diante de uma Prefeita que não soube respeitar o seu juramento de defender a todos, sem levar em consideração as diferenças religiosas, inclusive. A nossa Umbanda precisa ser defendida e se fazer respeitar por aqueles que a denigrem, e ela espera uma atitude de seguidores, seja com respeito aos seus fundamentos seja com as armas que o estudo e o esclarecimento a espiritualidade nos oferta.

PARCEIROS NA SOLIDARIEDADE

PARCEIROS NA SOLIDARIEDADE
clique na imagem para abrir o link

Postagens mais visitadas