Organização Mundial de Saúde reconhece obsessão como doença da alma


 Os fenômenos de obsessão espiritual, muitas vezes confundidos como problmeas psiquiátricos, passaram a ser reconhecidos como doenças da alma pela Organização Mundial de Saúde. O CID 10, item F.44.3 define estado de transe e possessão como a perda transitória da identidade com manutenção de consciência do meio ambiente, fazendo a distinção entre os normais, ou seja, os que acontecem por incorporação ou atuação dos espíritos, dos que são patológicos, provocados por doença.

Os casos, por exemplo, em que a pessoa entra em transe durante os cultos religiosos e sessões mediúnicas não são considerados doença. Neste aspecto, a alucinação é um sintoma que pode surgir tanto nos transtornos mentais psiquiátricos — nesse caso, seria uma doença, um transtorno dissociativo psicótico ou o que popularmente se chama de loucura — bem como na interferência de um ser desencarnado das trevas, a obsessão espiritual.

A decisão da OMS data de 1998, ano em que a instituição inseriu o bem-estar espiritual como uma das definições de saúde, ao lado dos aspectos físico, mental e social.

Comentários

salvesalve disse…
Saúde não é somente uma palavra que caracteriza a ausência de doenças, uma vez que esse conceito envolve aspectos mais amplos, como o bem-estar físico, mental e social. Segundo a Constituição Federal de 1988, Artigo 196, ela é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação.

Diante desses aspectos, fica claro que a promoção da saúde depende de comportamentos individuais e também de aspectos de dimensão coletiva sendo, este último caso, uma questão intimamente relacionada às políticas públicas.

Nesse contexto, propiciar às pessoas condições dignas de vida é um fator determinante na prevenção contra a ausência de saúde – o que não significa que devemos esperar somente intervenções externas para que, de fato, conquistemos uma boa saúde.

Assim, essa seção apresenta um acervo contendo boas dicas e informações sobre saúde, que podem auxiliar os alunos, nas pesquisas escolares, e população em geral, na busca, quem sabe conquista, de uma melhor qualidade de vida.

Boa leitura!

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia
Importância dos Alimentos na Saúde
Promovendo a saúde e uma boa qualidade de vida.
Dicas Saudáveis
Informações que auxiliarão na conquista de melhorias na qualidade de vida.
Problemas de Saúde
Informações sobre as causas e características de alguns problemas de saúde.
Boa Forma
Seção que disponibiliza textos que ajudarão você a ter boa forma e saúde.
salvesalve disse…
1. Respiração Abdominal. Exercícios todos os dias com disciplina e determinação em

A maioria das pessoas respira através do seu peito, de uma maneira incompleta e rasa.

Este exercício serve para melhorar a sua inalação abdominal, preenchendo assim as partes inferiores dos pulmões com oxigênio tão necessário. Ao colocar sua mão em seu estômago e deitado de costas, respire profundamente, expandindo sua barriga e, lentamente, solte o ar para fora.

Quando você repetir respirações profundas, notará que sua mão deve subir mais e mais, como um sintoma do aumento da sua capacidade pulmonar. Com mais prática, você deve ser capaz de aumentar o seu consumo de oxigênio com bons resultados.
Anúncios Google
2. Utilize a técnica de estiramento felino

Esta técnica de alongamento é maravilhosa para o desenvolvimento de respiração poderosa. Ajoelhado de quatro e olhando para a frente, realize uma respiração profunda e, em seguida, ao expirar de uma maneira poderosa e controlada estenda seu corpo para a frente até o queixo estiver a apenas alguns centímetros do chão, mantendo a cabeça virada para a frente em todos os momentos.

Quando você respirar novamente de maneira profunda, deve retornar à posição inicial lentamente e repita o que quiser.

3. Respiração pelos Lábios Franzidos.

De pé, mãos nos quadris, você deve olhar para cima, respirando profundamente de modo abdominal e puxando o ar só através do nariz enquanto você abaixa a cabeça. Uma vez que seus pulmões estão cheios e sua cabeça está para baixo, comprima levemente seus lábios e expire vigorosamente soprando pela boca, enquanto levanta sua cabeça até alto.

Isso pode deixá-lo um pouco tonto, mas este exercício é realmente importante para o fortalecimento dos pulmões e ensinar o hábito de respirar bem.

4. Fogo do Dragão.

Isto trabalha os músculos abdominais, o seu corpo e aumenta a capacidade pulmonar. Permanecendo relaxado, comprima os seus músculos do corpo, exceto os abdominais e respire fortemente, agora relaxe todos os músculos, comprimindo os abdominais e expire como se você estivesse tentando derrubar uma outra pessoa. A respiração Fogo do Dragão é um excelente método para todo o bem-estar.

5. Meditação Respiratória.

Para reduzir o estresse, dobre confortavelmente as mãos sobre os joelhos e inale de forma lenta e controlada. Você deve ser capaz de contar até 8 durante a inalação. Então expire lentamente enquanto faz uma contagem lenta até 8, enquanto os seus olhos permanecem fechados.

Esta calma e controlada forma de respiração relaxa e previne contra a respiração curta e acentuada de que uma leva sob a influência do estresse.

6. Vá para fora e faça exercício.

Para respirar bem nada pode substituir o bom exercício ao ar livre.

Saia para uma caminhada, correr, correr - não importa quanto tempo você começar alguma atividade física e você fazê-lo fora.

Em Conclusão

Respirar bem é uma das facetas mais importantes de uma vida saudável e ainda é, infelizmente, muitas vezes esquecido, seja pró-ativo e tome o controle de sua respiração.

Artigo aportado pela equipe de Monografias de base para dissertacao de mestrado
Retrieved from "/reducao-de-stress-artigos/controle-sua-respiracao-exercicios-para-respirar-melhor-tema-de-monografia. disciplina coragem decisão determinação. SAÚDE FELICIDADE.

Postagens mais visitadas