TRAGÉDIA NO RIO: SAIBA COMO AJUDAR


Passa de 500 o número de mortos na região serrana do Rio de Janeiro. Milhares de pessoas estão desabrigadas. Perderam as casas, documentos e todos os bens acumulados ao longo de décadas de trabalho. Pior: perderam seus entes queridos. As necessidades são inúmeras. Nesses momentos, elas contam apenas com a solidariedade das outras pessoas para que possam, minimamente, superar as dificuldades iniciais até que tenham condições de reestruturar a vida.
Os Caminheiros de Santo Antônio de Pádua, sediado no Distrito Federal, vem acompanhando as cenas dramáticas que chegam a todo o país por meios das emissoras de TV, hipoteca a sua total solidariedade a todas as vítimas das enchentes que ocorrem no Rio de Janeiro. Rogam a Deus e a Espiritualidade Maior que acolham os irmãos que desencarnaram e consolem aqueles que sobreviveram a essa catástrofe.
Abaixo indicamos uma relação de alternativas àqueles que queiram fazer doações aos irmãos que vivem essa dramática situação na região serrana do Rio de Janeiro. Não esqueçamos que "solidariedade é atitude".

Veja como ajudar

TERESÓPOLIS
A Prefeitura de Teresópolis abriu uma conta exclusiva para receber as doações. Com o nome de “SOS Teresópolis – Donativos”, a conta corrente está disponível na Agência 0741-2 do Banco do Brasil, com o número 110000-9. Segundo a prefeitura, são aceitas ajudas de qualquer valor.
Ainda em Teresópolis foi montado um outro posto para receber donativos. As contribuições podem ser levadas para o Ginásio Pedrão, onde foi montado um abrigo de ajuda às vítimas. O local fica na Rua Tenente Luiz Meirelles 211, no bairro Várzea, no centro da cidade.

PETRÓPOLIS
Foram montados três postos para doação de água, colchão e material de limpeza e higiene na região de Itaipava: na Igreja Wesleyana, no Vale do Cuiabá; na Igreja de Santa Luzia, na Estrada das Arcas; e no centro de Petrópolis, na sede da Secretaria de Trabalho, Ação Social e Cidadania (R. Aureliano Coutinho, número 81).

POLÍCIA MILITAR
Todos os batalhões da PM do Rio de Janeiro vão receber doações a partir desta quinta-feira (13). Os comandantes dos batalhões recomendam a doação de água mineral, alimentos não perecíveis e material de higiene pessoal.

RODOVIÁRIA
A Rodoviária Novo Rio recebe doações para a Cruz Vermelha. Os donativos serão recebidos no piso de embarque inferior, das 9h às 17h.

VIVA RIO
O Programa de Voluntariado do Viva Rio também iniciou uma campanha de arrecadação de roupas e mantimentos para a região serrana do Rio de Janeiro, especialmente Nova Friburgo, Teresópolis e Petrópolis. Para ajudar, basta fazer a doação na sede do Viva Rio (Rua do Russel, 76, Glória) ou através de depósito bancário na conta do Viva Rio, no Banco do Brasil, agência 1769-8, conta-corrente 411396-9 e CNPJ: 00343941/0001-28. Para mais informações o Viva Rio disponibiliza os telefones (21) 2555-3750 e (21) 2555-3785.

POSTOS EM SUPERMERCADOS E RODOVIAS
O grupo de supermercados Pão de Açúcar montou postos de arrecadação em todas as 100 lojas da rede no estado do Rio. As doações podem ser feitas nos estabelecimentos Pão de Açúcar, ABC Compre Bem, Sendas , Extra Supermercados e Assaí. De acordo com o grupo, os donativos serão entregues até 26 de janeiro.
A Polícia Rodoviária Federal montou quatro postos de arrecadação de alimentos e produtos de higiene pessoal. Dois pontos vão funcionar 24 horas, um deles será instalado na BR-116, na altura do pedágio da Rio-Magé, e o outro na BR-101, no trecho de Casimiro de Abreu.
Outros dois postos, na Rio-Petrópolis e na Rodovia Presidente Dutra, vão funcionar das 8h às 17 horas. A PRF informou que os alimentos arrecadados serão entregues para a Cruz Vermelha, que ficará encarregada de fazer a distribuição às vítimas.

ESTAÇÕES DO METRÔ
O Metrô Rio vai disponibilizar a partir de sexta-feira (14), pontos de arrecadação em 11 estações nas linhas 1 e 2. Água, alimentos e produtos de higiene pessoal podem ser doados nas estações Carioca, Central, Largo do Machado, Catete, Glória, Ipanema/General Osório, Pavuna, Saens Peña, Botafogo, Nova América/Del Castilho e Siqueira Campos.

http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2011/01/veja-como-ajudar...

Comentários

Postagens mais visitadas