Triste constatação: intolerância no Rio de Janeiro

Quem poderia imaginar que no Rio de Janeiro, um estado com grande diversidade étnica, religiosa e de costumes, a população fosse intolerante? De acordo com pesquisa realizada por uma universidade fluminense, cujo resultado parcial foi divulgado pela Band New FM, revelou que a sondagem ouviu 800 pessoas, a partir dos 18 anos, e 65% delas reconheceram ter algum tipo de intolerância. Do total entrevistados, 40% admitiram que são intolerantes às religiões, sendo que a maioria deles é avessa aos cultos de matriz africana, e, em segundo lugar, ao islamismo.

Uma parcela de 30% tem intolerância racia; 20% à orientação sexual; e 10% às posições políticas. A homofobia (intolerância aos homossexuais) é um traço de 70% do total dos ouvidos pelos pesquisadores.
Para 70%, medidas econômicas poderiam reduzir o preconceito; 45% disseram que a solução estaria nas campanhas; 35% defendeeram o aprimoramento das leis que tratam do assunto; e 20% mais debates sobre o tema.

Comentários

Postagens mais visitadas