Enquete: Maioria é contra símbolos religiosos em espaços públicos

A presença de símbolos religiosos em espaços e órgãos públicos mereceu a reprovação da maioria dos leitores deste blog. De acordo com o resultado da enquete, 80% são contrários, 10% são favoráveis e os 10% restantes são indiferentes.
A discussão prossegue entre os adeptos da Umbanda e do Candomblé e faz parte do enfrentamento da intolerância religiosa.
A colocação de imagens de santos, crucifixos e outros símbolos que fazem referência ao catolicismo é uma contradição para um Estado laico e um desrespeito a todas as práticas religiosas existentes no país. Enquanto a Constituição Federal reconhece a pluralidade de cultos e de culturas, o uso indiscriminado desses símbolos em espaços e repartições públicas é uma tentativa de impor uma religião à sociedade.

Comentários

Postagens mais visitadas