PARCEIRO NA SOLIDARIEDADE

PARCEIRO NA SOLIDARIEDADE
Campanha para o Natal — clique na imagem

Cultura africana contra a intolerância religiosa


Da Agência Brasil

Brasília - O ministro da Igualdade Racial, Edson Santos, disse ontem (20) no encontro de Comunidades de Terreiro do Distrito Federal e Entorno, no Ministério da Justiça, que para acabar com a intolerância religiosa é preciso mostrar a contribuição cultural que as religiões de matriz africana oferecem à sociedade brasileira. Além disso, ele afirmou que está em elaboração um plano de apoio às religiões de origem africana, candomblé e umbanda, para combater todo tipo de intolerância religiosa.
“Infelizmente ainda é algo que ocorre. No Brasil, temos recebido informações da ocorrências de atos de agressão contra pessoas que professam as religiões de matriz africana.”
O encontro das comunidades religiosas celebra o Dia Nacional de Combate a Intolerância Religiosa, comemorado amanhã (21) e discute com a Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir) questões de liberdade religiosa, proteção do patrimônio histórico-cultural e a legalização de imóveis ocupados pelas casas de culto de candomblé e umbanda.
O subsecretário de Políticas para Comunidades Tradicionais da Seppir, Alexandro Reias, disse durante o encontro, que a a sociedade brasileira precisa estabelecer ações para garantir os direitos de comunidades praticantes de religiões de matriz africana. Segundo Alexandre, várias casas de culto não são regularizadas e muitas vezes são invadidas.
A regularização dos templos religiosos foi bastante discutida no encontro. Muitos líderes, sacerdotes e praticantes participaram do evento e reivindicaram esse direito. “Todas as casas estão lutando pela regularização fundiária, porque precisam ter seus espaços para desenvolver tanto o lado social quanto o lado religioso”, disse Patrícia Azacone, especialista em políticas públicas voltadas para africanidades.

Comentários

PARCEIROS NA SOLIDARIEDADE

PARCEIROS NA SOLIDARIEDADE
clique na imagem para abrir o link

Postagens mais visitadas