Preconceito contra a Umbanda

A provável decisão da Rede Globo de produzir uma microssérie sobre a vida do médium Chico Xavier [ver matéria abaixo] mereceu considerações por parte da irmã Creusa, dos Caminheiros de Santo Antônio de Pádua. A abordagem dos veículos de comunicação — incluída a Globo — faz referência aos fenômenos espirituais, mas não reconhece a existência da Umbanda, como religião praticada por milhões de brasileiros. A linha editorial da maioria dos veículos estigmatiza as religiões de matriz africana, principalmente a Umbanda, e raramente fazem referência à intolerância religiosa, que vem se alastrando pelo país. Em contrapartida, há uma valoração dos cultos e seitas de outras procedências, como se a Umbanda fosse uma religião menor. Abaixo, a íntegra das considerações da irmã Creusa.

“Apesar disso, nós umbandistas continuamos marginalizados, haja vista que na novela caminho das índias, da TV Globo, por diversas vezes são feitas referências tais como procurar a mãe de santo tal para resolver a questão x, ou ainda, como na cena onde um falso indiano usa em seus rituais indianos imagens de pretos velhos para enganar três empregadas domésticas, prometendo curar o filho dos patrões que têm alucinações. Faz-se preciso inibir esse tipo de insinuação e preconceito. Primeiro, nos rituais religiosos praticados por indianos não aparecem imagens de pretos velhos, logo a insinuação é gritante no sentido de aliar os rituais umbandistas ao charlatanismo. Outro forma preconceituosa é insinuar que apenas pessoas supostamente com menos culturas, no caso as empregadas domésticas - e aí, vai outro preconceito -, se valem da ajuda de espíritos para resolver esse tipo de questão, sem falar no preço exigido pelo falso indiano. Precisamos divulgar esses fatos e banir definitivamente essas insinuações seja a onde for. Acho que o Ministério Público Federal e demais órgãos que tratam do assunto deveriam ser notificados. Se possível, gostaria que este meu posicionamento fosse divulgado no sentido de que outras pessoas passem a fiscalizar e reagir contra tudo e todos que nos atacarem. Basta de omissão”. Creusa

Comentários

salvesalve disse…
É preciso divulgar com exemplos claros, vividos na prática, os comentários sobre a intolerância religiosa, bem colocada pela irmã Creusa.
O desrespeito com a espiritualidade é algo gritante e triste, o grande mal que estão fazendo a eles próprios Dirigentes de novelas, e aos irmãos que são beneficiados pelos mentores deixando-os triste pelo episódio do tipo gozação, fazem mal também aos que sofrem sentem necessidades de conhecer um centro espírita de trabalhos sérios para aliviar suas dores e principalmente cumprirem sua missão espiritual, é tudo grave demais, é importante que nos unamos todos, todos enviando nossa tristeza e ponto de vista a este respeito comentarmos sobre o episódio nas leituras e doutrinas em nossa casa que cada médium manifeste-se, coloquemos no SITE. Falarmos com assistência, mandarmos e-mail para nosso banco de e-mail, também para outros sites umbandistas. Se realmente conhecessem os maravilhosos trabalhos das entidades, dariam utiolizariam deste grande meio de comunicação para fazer caridade há milhares de irmãos, não sabem o que fazem nem o que dizem.
Vamos enviar também a responsáveis por trabalhos espirituais para que juntos possamos quebrar, ou melhor colocar aqueles males em baixa das espadas de OGUM. SALVE UMBANDA SAGRADA.
Emidio disse…
Salve a todos irmãos de Fé
Muito boa a postagem, unidos venceremos este preconceito, mas lembrem-se sempre que nossos trabalhos não são valorizados, sabemos no entanto que quando algumas dessas pessoas precisam procura-nos e pedem perdão após conhecerem a pureza de uma casa de Umbanda, no final de ano tantos dão os 7 pulinhos das ondas do mar, nem todos são Espíritas mas será medo de não faze-lo? ou será pedir proteção no próximo ano? Senhores eu em meus 30 anos de Umbanda só entendi uma coisa sobre esse assunto: quando falece uma pessoa somente nossos consolos são o que acalantam as almas que aqui ficaram ou seja a velha frase da vida após a morte: agora ele está com Deus.

Triplice e Fraternal abraço

Emidio de Ogum
http://espadadeoogum.blogspot.com

Postagens mais visitadas