Caminheiros exigirão cartão de vacina a partir de 1º de outubro

Dê importância a sua e à vida do próximo

 A vacinação contra o novo coronavírus avançou bastante. Mas a crise está longe de chegar ao fim. Surgiram novas cepas, mas contagiosas e agressivas. Ainda há quem rejeite a vacina, seguindo uma linha de pensamento absolutamente contrária ao que recomendam médicos e especialistas. Preservar e defender a vida, o maior presente de Deus a todos nós, estão entre as principais obrigações dos umbandistas. Hoje, o Brasil é o segundo país com o maior número de mortos pela covid-19 (quase 600 mil), atrás somente dos Estados Unidos.

Desde o início da pandemia, os Caminheiros de Santo Antônio de Pádua têm buscado cumprir todas as regras sanitárias, para evitar a contaminação dos médiuns e de todos aqueles que chegam à casa. Mantêm controle de temperatura dos que chegam, oferece álcool líquido ou gel, recomenda a todos a lavagem das mãos com sabão, disponível nos banheiros e nas demais áreas úmidas da casa. Busca preservar o distanciamento entre as pessoa, com indicações nos bancos da assistência. e no terreiro.

A partir do segundo semestre de 2020 os Caminheiros, aos pouquinhos, começou a retomar os trabalhos espirituais, com todas as cautelas. As preces pela saúde de todos e a da Saudade, em homenagem aos que desencarnaram, foram realizadas em todos os domingos, ao longo do passado, por um pequeno grupo de dedicados médiuns.

Hoje, os Caminheiros estão muito próximos das suas atividades normais. Foram retomados o desenvolvimento mediúnico e o atendimento aos frequentadores, aos domingos. Mas a busca pela normalidade não significa relaxamento com as regras sanitárias, como orientam os médicos e infectologistas. Agora, mais do que nunca, é preciso observar todos os cuidados. Não podemos baixar a guarda e expor médiuns e frequentadores ao ataque das novas cepas que circulam no país.

Assim, esperamos que todos compreendam as razões da exigência que o centro adotará a partir de 1º de outubro: o comprovante de vacinação para todos que chegarem à casa em busca de atendimento espiritual. O Sistema Único de Saúde (SUS), por meio de aplicativo, que pode ser baixado no celular, permite o acesso ao cartão de vacinação. Então, baixe o aplicativo e comprove que você foi vacinado contra a covid-19. Tudo muito simples. 

Não se trata de um gesto de discriminação, mas de cuidado com a saúde e a vida de todos. Se você ainda não se vacinou, vá às unidades de saúde e seja imunizado contra o novo coronavírus. Ame-se. Cuide da sua saúde e aproveite o que de melhor este mundo de Deus lhe oferece.

A sua vida é muito importante, assim como a das outras pessoas.

Sejamos solidários e comprometidos com o bem-estar de todos, e a recompensa será o nosso bem-estar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Salve São José. Salve Xangô!

A diferença entre incorporação na umbanda e transe de orixá

Salmo 23 na versão da Umbanda