SEMANA DOS PRETOS VELHOS [4]: Pai João de Aruanda

Quantas vezes nos desesperamos diante de um problema mais difícil? É quase impossível fazer essa conta. Na raiz desse desequilíbrio está a nossa pouca fé, a falta de sabedoria... Mas, nem por isso, estamos desamparados. Podemos contar com os nossos pretos e pretas velhas, que sempre têm doces palavras para amainar as dores do coração, as aflições da alma e indicar-nos caminhos, que jamais imaginamos percorrer. Ou, então, com palavras simples, eles nos mostram que nada é definitivo, mas que podemos extrair de tudo, principalmente das adversidades,  um aprendizado. Veja o que nos ensina Pai João de Aruanda:


Comentários

Postagens mais visitadas