Nem tudo está perdido


A informação não é nova, mas é um belo exemplo de respeito à diversidade religiosa, que vem do município de Areia Branca, no Rio Grande do Norte. Em 21 de outubro último, o vereador Djalma de Souza, evangélico, entregou o título de cidadão areia-branquense ao babalorixá Melquisede Costa Rocha, em reconhecimento ao trabalho social realizado candomblecista. Melque, como é mais conhecido o candomblecista promove encontros para debater a intolerância religiosa, drogas, prostituição, alcoolismo na cidade. De acordo com a mídia local, o fato é inédito no Rio Grande do Norte.

O babalorixá Melquisede recebe do vereador evangélico
Djalma de Souza o título de cidadão areia-branquense em
reconhecimento ao trabalho social que realiza no município

Comentários

Postagens mais visitadas